terça-feira, 27 de junho de 2017

Dois homens são executados em Ceará-Mirim

Dois homens identificados como Reginaldo Klebson Barbosa de Brito, de 38 anos e Erivan Luiz de Oliveira, de 27 foram mortos a tiros, na tarde desta segunda-feira (26), na cidade de Ceará- Mirim, região metropolitana. Os crimes ocorreram em dois locais diferentes do município, no centro e na comunidade de Passa e Fica.

O primeiro a ser morto foi Erivan Luiz, segundo a polícia ele foi surpreendido dentro de casa na comunidade de Passa e Fica, que fica as margens da BR 406. Dois homens armados com pistolas foram os autores do crime. O segundo assassinato foi registrado minutos depois na rua Oscar Brasão, no centro da cidade, O comerciante Reginaldo Klebson foi alvejado também por uma dupla e tombou em meio a um terreno.

A equipe da Polícia Civil de Ceará- Mirim esteve nos dois locais e colheram o máximo de informações possíveis e não descarta a ligação entre as mortes. O veículo de uma das vítimas foi incendiado pelos criminosos após o homicídio.

Em seis meses, PRF apreendeu 60 armas nas rodovias do Estado

Durante fiscalização de rotina, a Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da tarde desta segunda-feira (26), no Km 170 da BR 406, em São Gonçalo do Amarante, dois condutores de duas caminhonetes que aparentemente transitavam juntas.

Após revista minuciosa nos veículos, foram encontrados dois revólveres Cal. 38 com cinco munições cada. As armas estavam sob os bancos dos motoristas.

Depois de questionados, estes alegaram não ter registro nem porte das armas. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e os homens, um de 39 e
outro de 60 anos, foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de São Gonçalo. De Janeiro até Junho de 2017 foram apreendidas pela PRF 60 armas e mais de 800 munições.

Em uma outra fiscalização, também no final da tarde de ontem(26), desta feita no Km 305 da BR 304, em Parnamirim, foi preso um jovem de 23 anos, condutor de uma motocicleta CG 150, residente na Zona Rural de Currais Novos.

Após a abordagem e consulta aos sistemas de segurança, constatou-se que havia mandado de prisão em aberto contra o condutor, pelo crime de tráfico de drogas, expedido em 2017, pela Vara Criminal de Currais Novos. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil de Parnamirim.
Fonte: Comunicação Social / PRF-RN

Contas externas ficam positivas em maio; melhor resultado para o mês desde 1995

O país registrou, pelo terceiro mês seguido, saldo positivo nas contas externas. Em maio, o superávit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo, ficou em US$ 2,884 bilhões, informou hoje (27) o Banco Central (BC). Este foi o maior resultado para o mês na série histórica iniciada em 1995. Em maio de 2016, também foi registrado saldo positivo, de US$ 1,186 bilhão.

O resultado de maio também é o melhor desde julho de 2006, quando chegou a US$ 3,007 bilhões. Nos cinco meses do ano, houve déficit de US$ 616 milhões, resultado bem menor do que o registrado em igual período de 2016 (US$ 5,998 bilhões).

Projeções

O resultado positivo nas contas externas é influenciado pelo saldo comercial. Em maio, o superávit comercial chegou a US$ 7,419 bilhões e acumulou US$ 27,973 bilhões, nos cinco meses do ano. Para o ano, o BC revisou a projeção do superávit comercial de US$ 51 bilhões para US$ 54 bilhões. Este foi principal fator que levou à redução na projeção de déficit das transações correntes de US$ 30 bilhões para US$ 24 bilhões.

Em relação a tudo o que o país produz, o Produto Interno Bruto (PIB), o saldo negativo deve corresponder a 1,19%, contra 1,45% previstos em março pelo BC.

A conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros, entre outros) deve apresentar resultado negativo de US$ 34 bilhões. A estimativa anterior era US$ 36,7 bilhões.

No balanço das transações correntes, a conta de renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) deve apresentar saldo negativo de US$ 46,8 bilhões, contra US$ 47,6 bilhões previstos anteriormente.

A conta de renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) deve registrar saldo positivo de US$ 2,8 bilhões, ante US$ 3,3 bilhões previstos em março.

Quando o país registra saldo negativo em transações correntes, precisa cobrir esse déficit com investimentos ou empréstimos no exterior. A melhor forma de financiamento do saldo negativo é o investimento direto no país (IDP), porque recursos são aplicados no setor produtivo do país. A projeção do BC é que, este ano, esses recursos sejam mais que suficientes para cobrir o saldo negativo das contas externas porque devem chegar a US$ 75 bilhões, a mesma projeção anterior. Em relação ao PIB, esse valor deve corresponder a 3,71%.

Índice Nacional de Custo da Construção registra inflação de 1,36% em junho

O Índice Nacional de Custo da Construção–M (INCC-M) registrou taxa de inflação de 1,36%, em junho. 

A variação de preços ficou acima do 0,13% registrado em maio. O INCC-M acumula taxas de 2,61% no 
ano e de 5,12% em 12 meses. O dado foi divulgado hoje (27) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A inflação foi puxada principalmente pelo custo da mão de obra, que ficou 2,48% mais cara em junho. Entre os profissionais que ficaram mais caros, o destaque são os técnicos (2,65%), seguidos pelos especializados (2,39%) e auxiliares (2,35%). Em 12 meses, a mão de obra acumula inflação de 8,13%.

O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços teve variação de preços de apenas 0,02%. Os materiais e equipamentos ficaram 0,08% mais baratos, enquanto os serviços ficaram 0,39% mais caros. Os materiais, equipamentos e serviços acumulam alta de 1,66% em 12 meses.

Em reunião com a prefeita de Florânia, Diretor Regional da EMATER prevê conclusão da obra de construção do Abatedouro Público até setembro

A prefeita Márcia Nobre (DEM) se reuniu nesta segunda-feira (26) com o Diretor Regional do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER/RN), Geraldo Mozart. Na pauta, a obra de construção do Abatedouro Público de Florânia.

De acordo com Mozart, a previsão de conclusão é até o final do mês de setembro. “A empresa MHC Construção e Locação LTDA continua executando os serviços dentro do cronograma apresentado. A previsão de conclusão é no mês de setembro”, destacou Mozart.

Governador abre 9º Fórum Nacional Eólico nesta terça-feira

O governador Robinson Faria abriu oficialmente o 9º Fórum Nacional Eólico – Carta dos Ventos 2017, que começa hoje, 27, e segue até a quarta-feira, 28, na Escola de Governo Dom Eugênio Sales, no Centro Administrativo. A abertura acontece às 14h.

O Fórum é o principal ponto de encontro político-econômico entre governo e empreendedores no setor de energia eólica no Brasil, e se renova a cada ano, com abordagens dinâmicas, conferencistas relevantes e debates oportunos.  Em sua última edição, reuniu mais de 800 participantes em dois dias de intensos debates, troca de conhecimento e relacionamento.

A escolha do RN para sediar o evento não acontece à toa. Mais de dois terços das operações do setor eólico nacional estão concentrados na Região Nordeste do Brasil. Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Piauí e Pernambuco lideram o ranking de empreendimentos instalados e continuam atraindo novos investimentos graças à natureza pródiga, mas também em razão das ações dos governos federal, estaduais e municipais.

A primeira sessão plenária terá como tema “O Poder e o Setor Eólico”, através do qual serão discutidas as intenções e objetivos dos governos Federal e dos estados quanto aos empreendimentos eólicos, a infraestrutura e a matriz elétrica nacional. 

Assecom-RN

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Bandidos invadem prédio da Prefeitura e arrombam caixa eletrônico com maçarico

Criminosos arrombaram o prédio onde funcionam as secretarias municipais de Planejamento e de Desenvolvimento Econômico e a Procuradoria Geral do Município, na Rua Idalino de Oliveira, Centro de Mossoró, neste final de semana.
Os bandidos usaram um maçarico para arrombar o caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal que funcionava no local. Ainda não se sabe quanto dinheiro foi levado.
O expediente nas secretarias e na Procuradoria foi suspendo nesta segunda-feira. O prédio foi interditado e só será liberado após realização de perícia. No entanto, por se tratar de arrombamento de caixa eletrônico, a verificação do local só poderá ser feita por equipe da Polícia Federal, que se deslocará de Natal até Mossoró.

“Colocar dinheiro no SUS sem transformar o sistema é jogar dinheiro fora”, diz consultor do Conass

O consultor do Conselho Nacional de Secretários de Saude (Conass), Eugênio Vilaça Mendes, disse nesta segunda-feira, 26, durante o Encontro Estadual de Planejamento e Gestão do SUS, em Natal, que “colocar dinheiro no SUS sem transformar o sistema é jogar dinheiro fora”. Segundo ele, a solução para os problemas do SUS passa por uma revolução no sistema.

De acordo com Mendes, o primeiro movimento para que isso ocorra é prestar atenção para a transição demográfica que o país atravessa.

“O Brasil tem hoje 28 milhões de idosos e logo esse número vai dobrar. Isso significa dizer que haverá o aumento de doenças crônicas. 78% das doenças no Brasil são doenças crônicas. É preciso o controle das doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, por exemplo”.

Ele afirmou que na Inglaterra se tem programas de controle de prevenção e que isso possibilita que as pessoas se cuidem mais.  Ele disse também que é preciso olhar melhor para a atenção primária. “Uma atenção primária resolve 95% dos problemas e só 5% vão ao especialista. Portanto, o SUS tem que organizar transversalmente a logística”.

O “Encontro Estadual de Planejamento e Gestão do SUS: efetivando parceria Conass/Sesap” acontece nesta segunda-feira, 26, até as 17 horas, no Praiamar Hotel, em Ponta Negra, com a participação do secretário de Saúde, George Antunes, além de gestores e técnicos da Sesap.

Trabalhadores têm até sexta-feira para sacar abono do PIS/Pasep 2015

Mais de R$ 1,083 bilhão estão disponíveis – até a próxima sexta-feira, 30 – na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil para trabalhadores e servidores públicos que tenham cumprido pelo menos 30 dias de trabalho em 2015. Cada um pode ter até R$ 937 a receber, o valor de um salário mínimo. No entanto, 1,83 milhão de pessoas ainda não foram reclamar os  recursos.

Trata-se do abono dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) relativo ao ano-base 2015. Caso o valor não seja sacado por quem de direito até o prazo final, será destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Têm direito ao abono, distribuído anualmente, os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos, e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano de referência, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

A Caixa é responsável pelo pagamento do abono PIS a trabalhadores com carteira assinada, enquanto o Banco do Brasil disponibiliza o Pasep a servidores públicos.

Balanço 

Segundo a Caixa, até a última quinta-feira, 22, cerca de 1,5 milhão de trabalhadores ainda não tinham sacado R$ 770,1 milhões em benefícios. Também até o fim do dia de quinta-feira, segundo o Banco do Brasil, 330 mil pessoas ainda não haviam sacado R$ 313,7 milhões.

Para sacar o PIS, o trabalhador que tiver Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode receber o valor em uma agência da Caixa apresentando documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0227.

Os servidores públicos com direito ao Pasep devem verificar se houve depósito em conta. Caso isso não ocorra, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo número 0800 729 0001.
Agência Brasil.

Rainha LGBT foi o grande destaque do Concurso de Quadrilha Tradicional

Pessoas LGBT vêm alcançando cada vez mais posições de destaque dentro das tradicionais quadrilhas juninas, não mais ficam restritos à produção de figurinos, maquiagens e cabelos. No Concurso Estadual de Quadrilha Tradicional, realizado na noite deste domingo, 25, na Arena Deodete Dias, o grande destaque da noite foi a Rainha da Quadrilha Explosão Matuta, da cidade de Rodolfo Fernandes.

Renata Rayara é o nome social de Renato Monteiro, que além de rainha é também presidente do grupo junino. A majestade da Explosão Matuta emocionou a plateia com sua apresentação solo girando pelo salão, exibindo o vestido luxuoso e ostentando uma coroa que a faz dela uma grande rainha.

A rainha ainda desceu uma escada dançando e girando em cada degrau. O coração da torcida parou com receio de um tombo da rainha, mas logo em seguida viram os aplausos e ela foi ovacionada.

“Nada vale mais que essa emoção de ver seu trabalho reconhecido através do carinho do público. Saudar a arquibancada e receber o aplauso é melhor do que qualquer premiação”, garante a rainha Renata Rayara.

Mulher é encontrada morta com sinais de violência em Extremoz

Uma mulher ainda não identificada foi encontrada morta na manhã deste sábado (24), em uma área de mata próximo a BR 101, no município de Extremoz, região metropolitana. A vítima possui tatuagens e apresenta sinais de violência principalmente no rosto.

De acordo com informações da Central de Operações da Polícia Militar foram moradores da região que ligaram informando o fato. Ainda segundo a polícia a vítima de aproximadamente 25 anos sofreu tiros no rosto e foi espancada. Alguns tatuagens no corpo da jovem são os únicos sinais de identificação. Equipes da Divisão de Homicídios e do ITEP foram acionadas.

Homem é morto a tiros após roubar carro em Neópolis

Um homem ainda não identificado foi baleado e morto após roubar um veículo, no final da tarde deste domingo (25), na avenida Airton Sena, no bairro Neópolis, zona Sul de Natal. O assaltante trocou tiros com a vítima que se apresentou na delegacia de plantão da zona Sul e foi liberada.

De acordo com a delegada Jamile Alvarenga, da Divisão de Homicídios o homem tomou o veículo de assalto, mas foi seguido pela vítima que estava armada. "O atirador não fugiu, ele procurou a autoridade policial na delegacia de plantão da zona Sul, no bairro Cidade da Esperança e após ser ouvido foi liberado.

O suspeito morreu dentro do carro roubado antes da chegada do socorro e ainda segundo a Alvarenga ele não possuía nenhum documento identificatório. Um segundo assaltante está sendo procurado pela polícia.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Relator conclui leitura de parecer da PEC das Diretas; votação é adiada

O relator da Proposta de Emenda à Constituição 227/2016, a PEC das eleições diretas, deputado Espiridião Amin (PP-SC), concluiu nesta terça-feira (20) a leitura de seu parecer na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara. Em seu voto, Amim argumenta que a PEC que prevê a convocação de eleições diretas em caso de vacância da Presidência da República, não ofende nenhuma cláusula pétrea da Constituição Federal.

Ao citar argumentos já expostos pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o relator afirmou que a proposta prestigia o princípio da soberania popular, pretende ampliar o voto direto e restringir a aplicação da eleição indireta somente ao caso de dupla vacância ocorridas no último semestre do mandato.

Logo após a leitura do voto do relator, deputados da base aliada ao governo e da oposição fizeram pedido de vista coletiva, procedimento que permite adiar a votação por duas sessões. O presidente da CCJ, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG) acatou os pedidos e encerrou a reunião.

Os membros da comissão devem voltar a discutir o relatório lido pelo relator na próxima semana. Encerrado o período de debates, o parecer poderá ser votado. Se a PEC for aprovada pela comissão, deverá também ser discutida por uma comissão especial criada unicamente para analisar a matéria. E por fim, seguirá para o plenário, onde para ser validada precisa de pelo menos 308 votos favoráveis, em dois turnos.

De acordo com a proposta em discussão na CCJ, de autoria do deputado Miro Teixeira (Rede-RJ), se os cargos de presidente e vice-presidente da República ficarem vagos, deve ocorrer eleição direta em 90 dias depois de aberta a última vaga. Se a vacância ocorrer nos últimos seis meses do mandato, a PEC estabelece que a eleição será indireta, ou seja, feita pelo Congresso Nacional, em 30 dias.

Comissão do Senado rejeita relatório da reforma trabalhista

Em uma reunião tensa, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitou, por 10 votos a 9, o texto principal da reforma trabalhista. O resultado foi aplaudido e bastante comemorado por senadores de oposição, que dominaram o debate na reunião de hoje (20).

Com a rejeição do relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o voto em separado apresentado pelo senador Paulo Paim (PT-RS) foi aprovado por unanimidade e segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde o relator é o senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Debate

Durante a reunião, senadores do PT, PSB e PcdoB fizeram duras críticas ao texto e disseram estar convencidos de que, da forma como está, a proposta retirará direitos do trabalhador. Outra crítica dos oposicionistas foi o fato de o relator  ter mantido o mesmo texto aprovado pelos deputados ao rejeitar todas as emendas apresentadas, inclusive as 87 da base governista que modificavam pontos do texto considerados polêmicos. O objetivo do relator, ao recusar as emendas, era dar celeridade à tramitação da proposta, já que qualquer mudança de mérito faria com que o projeto voltasse à análise da Câmara dos Deputados.

“Os senhores hoje, se votarem esse projeto, estarão renunciando ao mandato de senador. Estão dizendo: 

Olha, nós não queremos mais ser senadores. Que a Câmara faça o que bem entender, e nós assinamos embaixo. Vamos botar aqui na entrada da portaria do Senado uma fábrica de carimbos. Cada senador compra um carimbo, carimba o que vem da Câmara e manda para o presidente. É isso o que estamos fazendo. Estamos renunciando”, apelou o senador Paulo Paim (PT-RS).

“O projeto tem muitas falhas, muitos defeitos, mas o Senado não vai mudar absolutamente nada. O Senado só vai dar uma carta branca para, se o presidente quiser vetar, se ele quiser vetar”, disse a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), também criticou a proposta de reforma. Disse que "este é um dia triste para o Senado", com o avanço de uma proposta que, para ele, causará “males” ao país. 
“Quando nós somarmos essa reforma trabalhista, com o que de maldade ela contém, com a reoneração de setores da economia, vamos ter um desemprego alarmante no Brasil”, afirmou.

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse que é preciso restabelecer a verdade e defendeu a proposta. “Não se está abrindo a porteira, é falta de responsabilidade dizer isso. Retirar décimo terceiro não é verdade. Estamos fazendo um ajuste para melhorar a situação de empregabilidade do país”, disse Jucá, destacando que o projeto também não trará redução de salários.

Ricardo Ferraço lembrou que a mudança na legislação trabalhista está sendo feita por uma lei ordinária e, por isso, nenhum direito do trabalhador garantido pela Constituição Federal, lei maior do país, estaria ameaçado. “ Estou seguro e convicto de que, pela hierarquia das leis, a legislação ordinária não viola o que está consagrado na Constituição Federal. Estou pronto a acertar contas com o presente e com o futuro daquilo que estou fazendo”, afirmou Ferraço.

Assembleia Legislativa cria Comissão Especial para análise da PEC que institui Regime Fiscal Especial no RN

A Assembleia Legislativa publicou, nesta terça-feira (20), em boletim eletrônico, o ato que cria a Comissão Especial para análise do mérito da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de número 01, de 2017, que institui Regime Fiscal Especial no Rio Grande do Norte. A Comissão será composta por seis parlamentares e desempenhará suas atividades até o final deste ano.
“Trata-se de uma matéria de suma importância para o Estado, pois trata da contenção de despesas e dos novos investimentos. Pela proposta, os gastos da administração pública devem ser limitados às despesas empenhadas no exercício anterior, razão pela qual esta PEC deve receber ampla atenção da Assembleia”, justifica o presidente da Casa, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), que assina o ato de criação.

De acordo com o despacho do presidente, a Comissão Especial contará com seis deputados estaduais, sendo três titulares e três suplentes. O primeiro grupo será formado pelos seguintes parlamentares: Carlos Augusto Maia (PSD), Dison Lisboa (PSD) e Getúlio Rêgo (DEM). Já os deputados Hermano Morais (PMDB), Albert Dickson (PROS) e Cristiane Dantas (PCdoB) integram o segundo grupo.

A Comissão Especial desempenhará suas atividades e concluirá os trabalhos até o final deste ano. No próximo dia 27 de junho, às 8h30, os deputados nomeados para a análise da PEC se reúnem na Casa para eleger o presidente e o vice-presidente da Comissão.

Governador ressalta parceria com Poderes na posse do procurador-geral de Justiça do Ministério Público

O governador Robinson Faria participou, na noite desta segunda-feira, 19, da solenidade de posse do promotor de Justiça Eudo Rodrigues Leite no cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Norte.  A cerimônia aconteceu no auditório da Escola de Governo Dom Eugênio Sales, no Centro Administrativo. Na ocasião, o Chefe do Executivo foi homenageado pela Associação do Ministério Público (Ampern) por nomear o candidato da lista tríplice escolhido pela maioria. Robinson ressaltou a importância da parceria entre os poderes.
 
“O Rio Grande do Norte é um só para todos, e por isso é tão importante que trabalhemos conjuntamente pelo nosso estado. Já atuamos ao lado do Ministério Público em projetos importantes, e não tenho dúvida de que essa parceria vai continuar nesta nova gestão. Desejo todo sucesso ao promotor Eudo Rodrigues”, assinalou Robinson.
 
O promotor de Justiça Eudo Rodrigues foi o mais votado em eleição para lista tríplice realizada em meados do último mês de abril e nomeado pelo governador do Estado no início de maio para exercer o cargo de PGJ no biênio 2017/2019.
 
“Focaremos em dois pilares: diálogo e resolutividade. Estaremos na luta por coesão institucional, unidade, e um Ministério Público que vai continuar avançando”, destacou o recém-empossado, que em seguida parabenizou o governador por nomear o mais votado para o cargo. “Está medida dignifica o Ministério Público do Rio Grande do Norte”.
 
O empossando é titular da 22ª promotoria de Justiça da comarca de Natal, com atribuições também na defesa do patrimônio público assim como Rinaldo Reis, que comandou o MPRN nos últimos quatro anos, com mandato inicialmente para o biênio 2013/2015, sucedendo o então procurador-geral de Justiça Manoel Onofre de Souza Neto, e depois reconduzido para o cargo no biênio 2015/2017.
 
Homenagem
 
Durante a solenidade, o presidente da Associação do Ministério Público (Ampern), o promotor Fernando Batista de Vasconcelos, fez uma homenagem ao governador Robinson Faria pela postura democrática em nomear o promotor mais votado pela classe para o cargo de procurador-geral justiça, quando poderia ter nomeado qualquer outro da lista tríplice, apenas por decisão política.
 
“Para nossa alegria, demonstrando claramente sua postura democrática e mantendo a tradição de nomear o mais votado da lista tríplice, o governador nomeou Eudo Leite. Assim, caro governador, queremos agradecer e homenagear pelo respeito à autonomia do Ministério Público do Rio Grande do Norte”, afirmou Vasconcelos. Robinson recebeu uma placa da Ampern simbolizando a homenagem.

Mortes por acidentes caem 11% em um ano

O número de mortes decorrente de acidentes de trânsito caiu mais de 11% no Brasil. Dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde mostram que 38.651 pessoas morreram no trânsito em 2015, contra 43.780 óbitos registrados no ano anterior. “Mais de cinco mil vidas foram poupadas em todo o país”, informou o ministério, em nota.

Entre as causas de mortes com redução significativa, estão os acidentes com automóvel e os atropelamentos, com um decréscimo de 23,9% e 21,5%, respectivamente. Entre os motociclistas também houve redução da mortalidade em 4,8%.

Segundo o balanço, divulgado ontem (19), o endurecimento da lei seca contribuiu para a queda no número de mortes de trânsito. “A redução pode estar relacionada à efetividade das ações de fiscalização após a lei seca, que neste ano completa 9 anos de vigência. Além de mudar os hábitos dos brasileiros, a lei trouxe um maior rigor na punição e no bolso de quem a desobedece”.

O condutor que ingerir qualquer quantidade de bebida alcoólica e for flagrado em fiscalização de trânsito está sujeito a multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Em caso de reincidência, o valor da multa é dobrado.

Apesar da queda de mortes por acidentes e da rigidez da lei, houve aumento de 32% de brasileiros que combinam álcool e direção. Com dados da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), o Ministério da Saúde revela que, em 2016, 7,3% da população adulta das capitais brasileiras declararam que bebem e dirigem. No ano anterior, o índice foi de apenas 5,5%.

A desaceleração da economia também pode ter favorecido a redução de mortes no trânsito. De 2014 para 2015, o aumento da frota de veículos automotivos no país foi de 4,6%, bem abaixo do registrado de 2010 a 2015, quando a frota total de veículos triplicou.

Para o ministério, a municipalização do trânsito, que é a integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito, também teve papel fundamental nessa redução. Com a responsabilidade passando a ser local, as cidades podem criar órgãos executivos. Nos municípios que adotaram a estratégia houve maior redução do número de óbitos por acidentes, com queda de 12,8%. Nos demais, a queda foi menor, 8,9%.

Em números absolutos, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia apresentaram a maior redução de mortes no trânsito. Em contrapartida, Paraíba, Sergipe e Roraima tiveram aumento no número de óbitos. 

Entre as capitais, Goiânia (GO), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) se destacaram na queda de vítimas por acidentes de trânsito.

Internações

Em números absolutos, as internações em decorrência de acidentes também apresentaram queda em todo o país. Em 2015, foram 1.018 internações a menos em comparação com o ano de 2014. A maior redução foi entre os pedestres; os ocupantes de automóveis também apresentaram redução nas internações.
Para o Ministério da Saúde, apesar disso, ainda é importante ter atenção com motociclistas e ciclistas no trânsito. Isso porque, entre as vítimas houve aumento nas internações, de 4.061 e 1.669, respectivamente.

“Esses acidentes respondem por boa parte das internações hospitalares e pela maioria dos atendimentos de urgência e emergência, que geram altos custos sociais, como cuidados em saúde, perdas materiais e despesas previdenciárias, além de grande sofrimento para as vítimas e seus familiares”, ressalta a nota.

Em 2015, ocorreram 158.728 internações por acidentes de transporte terrestre com custo de R$ 242 milhões para o Sistema Único de Saúde, sendo que mais de 50% das internações e seus cursos envolveram motociclistas.

Beneficiários do Bolsa Família receberão R$ 2,4 bilhões até o fim do mês

Até o dia 30 de junho, o Ministério do Desenvolvimento Social repassará quase R$ 2,4 bilhões aos beneficiários do Bolsa Família. O pagamento deste mês teve início ontem (19) e será feito a de 13,2 milhões de famílias em todo o país. O valor médio do benefício é de R$ 180,49.

O calendário de pagamento do programa está disponível na página do ministério. Para saber o dia em que é possível sacar o dinheiro, deve-se observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão. No primeiro dia, recebem as famílias com NIS de final 1. No segundo dia, os cartões terminados em 2 e, assim, sucessivamente.

Neste mês, entretanto, o governo antecipou o pagamento para beneficiários de 26 municípios atingidos pelas chuvas no Rio Grande do Sul e em Pernambuco. São eles: Dom Pedrito, Tenente Portela, Água Preta, Amaraji, Barra de Guabiraba, Barreiros, Belém de Maria, Caruaru, Catende, Cortes, Gameleira, Ipojuca, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Jurema, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapa, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, Sirinhaém, Tamandaré e Xexéu.

As famílias desses municípios já podem sacar o benefício, independente do calendário. Caso o beneficiário tenha algum problema com o cartão do programa, pode procurar o setor do Bolsa Família na cidade e solicitar a Declaração Especial de Pagamento. O documento apresentado em substituição ao cartão tem validade de 60 dias.

Os recursos do Bolsa Família ficam disponíveis para saque durante 90 dias para todos os beneficiários. O valor repassado varia de acordo com o número de membros da família, a idade de cada um e a renda declarada ao Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza (com renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00) e de extrema pobreza (renda per capita mensal de até R$ 85,00). Ao entrar no programa, os beneficiários recebem o dinheiro mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação.

Em sua página, o Ministério do Desenvolvimento Social disponibiliza os dados de pagamento por região, estado e município.

Sérgio Moro deixará de investigar obstrução da Lava Jato por Eduardo Cunha

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, deixará de ser responsável por apurar uma suposta tentativa de obstrução da Lava Jato por parte do deputado cassado Eduardo Cunha. O caso é decorrente da delação premiada de Marcelo Odebrecht.

O ministro Edson Fachin, responsável pela Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, acatou um pedido da defesa de Cunha e determinou que o caso seja remetido à Justiça Federal do Distrito Federal, onde os atos ilegais teriam ocorrido.
Segundo os depoimentos de Odebrecht e também de Fernando Luiz Ayres da Cunha, ex-presidente da 

Odebrecht Ambiental, Cunha pediu aos dois a contratação da empresa de consultoria Kroll para investigar inconsistência nas delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Yousseff.

Para Fachin, o fato da suposta obstrução ser relativa a processos em curso em Curitiba não é suficiente para que o caso fique a cargo de Moro, “pois não se revela, ao menos de forma aparente, qualquer liame objetivo, subjetivo ou probatório que justifique a concentração dos atos processuais”, escreveu o ministro na decisão divulgada nesta terça-feira.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, manifestou-se contra a retirada da frente de investigação das mãos de Moro, alegando que “não há como desvencilhar o pedido feito por Eduardo Cunha aos colaboradores do âmbito de incidência da Operação Lava Jato.”

Governo do RN deve corrigir salários de servidores pagos com atraso, determina TJ

Os desembargadores que compõem o Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, por maioria de votos, atenderam parcialmente a Mandado de Segurança impetrado pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Direta do Estado do RN (Sinsp/RN) e determinaram que o governo do estado, bem como o Instituto de Previdência do RN (Ipern), corrijam monetariamente os valores dos salários dos servidores pagos em atraso. Cabe recurso.

Dentre os argumentos, o Sindicato destacou que os vencimentos dos servidores ocupantes de cargos efetivos, aposentados e pensionistas da Administração Direta do Estado do RN não têm sido pagos com a pontualidade desejada e determinada pela Carta Estadual, a qual prevê a efetivação do pagamento até o último dia de cada mês, devendo ser corrigido monetariamente.

Por sua vez, o Estado, por meio do seu secretário de Administração, contra-argumentou que existe uma impossibilidade material temporária para o pagamento dos vencimentos dos servidores até o último dia de cada mês. A justificativa é a frustração das receitas, na ordem de R$ 83,2 milhões em comparação ao estimado no orçamento de 2016, bem como uma queda real na arrecadação, na ordem de R$ 202 milhões em relação ao mesmo período do ano passado e mais a queda dos repasses federais ao estado e nas receitas próprias, sobretudo do ICMS.

Correção monetária

A decisão no TJRN ressaltou, contudo, que e a norma constitucional, no âmbito estadual, especificamente em seu artigo 28, parágrafo 5º, não usa nomenclatura impositiva de pagamento como: "deverão ser pagos" ou "obrigatoriamente, serão pagos", no último dia do mês trabalhado. Desta forma, o enunciado confere abertura, sim, à possibilidade de cumprimento da obrigação após este marco, principalmente porque menciona a correção monetária em caso do pagamento dos proventos ocorrerem com atraso, do último dia do mês até a data de seu efetivo crédito. 

“Deste modo, resta comprovado o direito líquido e certo, não em relação ao pagamento dos vencimentos da categoria representada até o último dia do mês, isso porque, conforme evidenciado anteriormente, a data limite prevista na Constituição Estadual é apenas sugestiva, mas sim no tocante à correção monetária dos valores quando pagos após o prazo estatuído, cuja legalidade restou reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal”, definiu a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, relatora do Mandado de Segurança.

Salários atrasados

No início da semana, o governo depositou os salários de maio dos servidores que recebem entre R$ 3 mil e R$ 4 mil. Já para a quinta (22), está previsto o pagamento de parte dos vencimentos dos que ganham acima R$ 4 mil.
No estado, 22.064 servidores ativos, aposentados e pensionistas ganham acima de R$ 4 mil. Eles devem receber uma parcela – justamente de R$ 4 mil – e deverão aguardar o complemento, que ainda não tem data definida para ser depositado.

Policial militar é morto a tiros no Bom Pastor

Um policial militar de 37 anos foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (13), na rua Santa Teresa, no bairro Bom Pastor, zona Oeste de Natal. De acordo com as primeiras informações apuradas Mário Pinheiro de Lima pode ter reagido a um assalto.

Segundo o tenente Demétrios, oficial do 9° Batalhão o policial chegou a trocar tiros com os suspeitos e um deles fugiu baleado. "A motivação para o crime ainda não podemos confirmar, mas possivelmente o que aconteceu foi uma tentativa de assalto", disse. A arma do PM não foi levada.

O tenente ainda relatou que Mário Pinheiro foi policial do Batalhão de Operações Policiais Especiais, mas atualmente era lotado na Secretsria de Segurança Pública.
Fonte:BO.com

Ministério Público realiza operação no RN contra facção PCC

Após quase dois anos de investigação, o Ministério Público do Rio Grande do Norte realizou operação contra integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), com atuação em quase todo sistema penitenciário do RN de onde planejavam ações relacionadas a tráfico de drogas, roubo de veículos, estouros de caixas eletrônicos, homicídios, estruturação da facção, entre outros.

Denominada “Juízo Final”, o GAECO com apoio das Polícias Militar busca o cumprimento de 129 mandados de busca e apreensão, 21 mandados de prisão e 24 conduções coercitiva. As medidas estão sendo cumpridas em 18 cidades do estado, 13 estabelecimentos prisionais estaduais e um presídio federal.

A investigação mostrou que os alvos comandam o tráfico de drogas de dentro dos presídios apresentando uma área de atuação em praticamente todo o sistema carcerário potiguar e mantendo articulações com integrantes da investigada facção em outros estados do Brasil.

Cadernos apreendidos apontam a relação os integrantes da facção criminosa, data de batismo, função e número de telefones. Além disso, documentos com dados bancários foram apreendidos, o que colaborou para demonstrar a movimentação financeira do grupo.

A investigação conseguiu a fixação de multa a empresa proprietária do aplicativo whatsapp no valor de condenação de R$ 15 milhões pelo descumprimento reiterado de ordem judicial.

Os alvos da operação vão responder pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, entre outros. O material apreendido no cumprimento de outros mandados será analisado junto com o que já estava em posse dos promotores que atuaram na operação.

Facção Criminosa PCC

O Primeiro Comando da Capital tem agido em quase todo o Brasil e também na América do Sul há mais de duas décadas comandando crimes dos mais variados. A facção se notabilizou por grandes ações criminosas como assaltos a bancos e carros-fortes além de rebeliões em presídios espalhados pelo Brasil, bem como por ataques a agentes de segurança pública. Em muitos casos, ações orquestradas dentro e fora da cadeia. 

Além do nome e da sigla, a facção é identificada pelo número 1533. Nos últimos anos, com o surgimento de outras facções nos estados e a disputa pelo domínio territorial do tráfico, o PCC começou a travar uma verdadeira guerra com os demais integrantes de facções inimigas nos mais variados presídios do Brasil. 

Após quase dois anos de investigação, foram apreendidos cadernos e papéis com nomes, apelidos, datas, identificações de “padrinhos” (pessoas da facção que apadrinham o novo integrante), a “quebrada de origem” (de onde vem aquele que busca entrar no PCC), “quebrada atual” (onde está atuando recentemente) e as “faculdades” (forma como identificam as unidades do sistema penitenciário).

Foram interceptadas conferências dos líderes da facção PCC nas quais os membros eram relacionados com nomes, alcunhas, matrícula e batismos. Nessas conferências, presos de praticamente todos os estados da federação se comunicavam.

Telefonia era “arma” da facção

Durante a análise dos áudios da operação, é mostrado que os principais investigados integram uma organização criminosa com divisões de tarefas bem definidas visando a prática de crimes, além de acirrarem a rixa contra a facção local - Sindicato do RN.

Resgate de presos, assaltos, roubo de veículos, tráfico e plano para matar rivais são alguns dos assuntos discutidos entre os investigados durante o período que tiveram suas ligações telefônicas monitoradas.
Em alguns dos áudios, é possível notar que alguns dos investigados estão comandando o tráfico de drogas de dentro dos presídios assim como na grande Natal e com atuação em Mossoró.

Cadernos do crime

Durante o período de investigação, foram apreendidos cadernos e papéis com informações dentro de algumas unidades prisionais do RN.

As anotações contêm nomes, apelidos, datas e números de telefones. Além disso, há identificação dos “padrinhos” (pessoas da facção que anuem á entrada do novo integrante), a “quebrada de origem” (de onde vem aquele que busca entrar no PCC), “quebrada atual” (onde está atuando recentemente) e as “faculdades” (forma como identificam as unidades do sistema penitenciário).

Os dados contidos nas anotações registram toda a atividade criminosa e o quantitativo de integrantes da organização a qual conta hoje com mais de 600 integrantes do Estado.

“Cunhadas” movimentam finanças

A operação também revelou um esquema “familiar” usado pelos investigados que estão reclusos. Mulheres conhecidas como “cunhadas” fornecem seus dados bancários para transações financeiras dos presos. Houve o afastamento do sigilo bancário de 184 contas relacionadas com a facção, as quais movimentaram, num período de dois anos, aproximadamente 6 milhões de reais.

Participam da operação 200 policiais militares, promotores de justiça, servidores do Gaeco e agentes penitenciários estaduais e federais.
 Área de Atuação da Operação

Locais de cumprimento das medidas de prisão, buscas e apreensões e conduções coercitivas:
Natal, Parnamirim, Ceará Mirim, Macaíba, Baía Formosa, Mossoró, Itajá, Felipe Guerra, Baraúna, Caraúbas, Martins, Pau dos Ferros, São Francisco do Oeste, Tenente Laurentino Cruz.

Unidades Prisionais para cumprimento de prisões e buscas e apreensões:

Penitenciária Rogério Coutinho Madruga (Pav. 5), Alcacuz, Cadeia Pública de Natal, CDP Zona Norte, Complexo penal João Chaves, CDP Pirangi, PEP Parnamirim, CDP Parnamirim, Cadeia Pública de Mossoro, CPEAMN Mário Negócio, Cadeia Pública de Caraúbas, Presídio de Pau dos Ferros, CDP Patu, CDP Parelhas, CDP Jucurutu.

Presídio Federal de Porto Velho

Já estão sendo encaminhadas ao Poder Judiciário 26 denúncias contra os alvos da operação pelos crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Outras denúncias ainda serão oferecidas.

Casal é executado na BR 406 em São Goncalo do Amarante

A onda de assassinatos que marcou o feriadão de Corpus Christi em todo o Estado continuou nesta segunda-feira (19). por volta das 20h um casal foi executado com vários tiros de pistola no canteiro central da BR 406, no município de São Goncalo do Amarante. Poliana Santos da Silva, de 23 anos estava grávida de cinco meses e o companheiro Yago do Nascimento França de 20 era presidiário.

De acordo com os policiais militares lotados na região as vítimas foram surpreendidas por homens armados quando tentavam atravessar a rodovia em direção a comunidade de Guajirú. Os atiradores efetuaram pelo menos dez disparos em direção a Poliana e Yago que morreram antes da chegada do socorro.

Os familiares do casal informaram que Poliana estava grávida de cinco meses e era moradora do bairro Bom Pastor, já Yago cumpria pena por tráfico de drogas e usava uma tornozeleira eletrônica. As razões para o duplo assassinato serão investigadas pela Polícia Civil do município de São Goncalo.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Polícia investiga morte de pai e filho no Planalto

A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa deverá ouvir nesta segunda-feira (19), testemunhas de um duplo assassinato ocorrido no bairro Planalto na manhã deste domingo (18). As vítimas identificadas como Vivaldo Batista dos Santos, de 36 anos e o filho dele Valdemar Lima dos Santos, de 15 foram mortas com golpes de faca e tiros.

De acordo com os primeiros levantamentos feitos pela equipe de plantão da DHPP uma discussão envolvendo os autores do crime com outro membro da família das vítimas pode ter sido a motivação. É o que revela Valdenice Santos, mãe de Vivaldo e avó de Valdemar, a idosa de 67 anos relatou a reportagem do PortalBO que os suspeitos brigaram com outro neto dela um pouco antes da tragédia."A briga foi bem cedo da manhã, mas o motivo ninguém sabe, o meu neto já tinha até pedido desculpas, mas não adiantou e esses três criminosos fizeram isso", disse.

O duplo assassinato foi presenciado por alguns moradores, mas no local ninguém quis se pronunciar devido o medo. O carro usado pelos suspeitos foi abandonado e apreendido pelos agentes da Polícia Civil. Qualquer informação sobre o paradeiro dos três autores das mortes pode ser dada através do número 181.

Dois PMs são baleados durante assaltos nas zonas Leste e Norte de Natal

G1/RN
Dois policiais militares foram baleados durante assaltos ocorridos na noite deste domingo (18) nas zonas Leste e Norte de Natal. Ambos não correm risco de morte.
O primeiro crime aconteceu no conjunto Soledade II, no bairro Potengi, na Zona Norte. O PM estava chegando em casa, de carro, quando foi surpreendido por quatro bandidos que se aproximaram em duas motos. No momento da abordagem, um dos criminosos atirou. A bala atingiu a barriga do policial. Os assaltantes levaram o carro. Mais tarde, ainda durante a noite, o veículo foi encontrado.
O segundo atentado aconteceu na rua dos Caicós (antiga Av. 7), no bairro do Alecrim, na Zona Leste da cidade. Neste caso, o PM chegou para lanchar em um carrinho de cachorro-quente no momento em que um homem havia acabado de anunciar o assalto. A polícia acredita que o bandido se assustou e acabou efetuando um disparo, que atingiu o pé do policial.
Nos dois casos, os PMs foram socorridos, atendidos e estão fora de perigo. Já os criminosos, fugiram.
A polícia ainda fez buscas, mas não conseguiu encontrar nenhum suspeito.

Estradas federais do RN registram cinco mortes durante feriadão de Corpus Christi

As estradas federais do Rio Grande do Norte registraram cinco mortes causadas por acidentes durante o feriadão de Corpus Christi, encerrado na noite deste domingo (18). O número de vítimas foi maior que o de 2016, quando uma pessoa faleceu nas rodovias que cortam o estado. 29 pessoas foram presas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no período, contra 12 no ano passado.

Para a polícia, chamou atenção a quantidade de condutores flagrados sob efeito de álcool. Apesar de ter aumentado em 15% o número de testes do bafômetro, as autoridades apontaram crescimento de 92% no número de multas e de 100% no de pessoas detidas.

O número de feridos nas estradas caiu de 40 para 20 entre um ano e outro. Os acidentes graves caíram de sete para seis.

Enquanto 123 motoristas foram autuados em 2016 por realizar ultrapassagens em faixa dupla contínua amarela ou de forma forçosa, em 2017 o número foi ainda maior: 143, o que equivale a um aumento de 16%.

A multa aplicada ao motorista flagrado alcoolizado é de R$ 2.934,70, dobrando no caso de reincidência dentro de 12 meses. O valor por ultrapassagem em faixa contínua amarela é de R$ 1.467,35.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Eunício suspende pagamento de salário a Aécio Neves

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, encaminhou um ofício ao ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello em que informa que o Senado suspendeu o pagamento da remuneração do senador afastado Aécio Neves Neves (PSDB-MG). O salário de um senador é de R$ 33,7 mil.

Mello é o relator das investigações sobre Aécio baseadas nas delações premiadas de executivos da JBS no âmbito da operação Lava Jato. Nesta terça (13), o ministro havia dito que o Senado não estava cumprindo a determinação do tribunal de afastar Aécio da função parlamentar. Isso porque o nome do senador constava na lista de senadores em exercício e no painel de votações.

No ofício, Eunício disse ainda que a verba indenizatória a que Aécio tem direito como senador foi suspensa desde o dia 18 de maio, data em que Aécio foi afastado.

O comunicado também informa que o veículo oficial utilizado pelo tucano foi recolhido na mesma data.
Eunício afirmou ainda que a presidência do Senado intimou Aécio para cumprimento da ordem judicial imediatamente após ser comunicado da decisão de Fachin.

Nesta quarta, a Mesa Diretora do Senado retirou o nome de Aécio do painel eletrônico da Casa.
 
O portal do Senado na internet excluiu o nome de Aécio da lista de senadores em exercício e o incluiu na seção de senadores afastados da função. O motivo: “afastamento por decisão judicial”. 
 

Cunha depõe na PF de Curitiba e nega que 'vendeu silêncio', diz advogado

O deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) prestou depoimento por cerca de 1h30 na sede da Polícia Federal (PF), em Curitiba, nesta quarta-feira (14). Ele falou no inquérito que investiga o presidente da República Michel Temer (PMDB).

Ao deixar a PF, o advogado de Cunha, Rodrigo Rios, disse que ele reafirmou que "o silêncio dele nunca esteve à venda" e que nunca foi procurado por Temer ou interlocutores do presidente para comprar o seu silêncio. "Ele negou categoricamente", disse Rios.

Cunha chegou à PF por volta das 10h, mas o depoimento estava marcado para as 11h. Ele só entrou em uma das salas às 11h15. Segundo o advogado Rodrigo Rios, foram feitas 47 perguntas ao deputado cassado e ele respondeu as que eram relacionadas ao conteúdo da delação dos donos do frigorífico JBS, homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Na delação, o empresário Joesley Batista entregou a gravação de uma conversa com Temer na qual afirma que o presidente deu aval para que ele continuasse pagando Cunha, para que ficasse em silêncio e não fizesse um acordo de delação.

Segundo Rios, Cunha não respondeu aos questionamentos relacionados ao suposto recebimento de propina 
por parte de empresas interessadas em obter empréstimos do Fundo de Investimentos do FGTS, por ser um tema que não faz parte do inquérito que investiga Temer.

O advogado de Cunha afirmou que o ex-deputado prestou depoimento como declarante. O deputado cassado saiu do prédio da PF por volta das 13h55 (veja vídeo abaixo).
 
Condenado pela Operação Lava Jato a 15 anos de reclusão, Eduardo Cunha está detido no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Ele foi preso em outubro de 2016.

No RN, Sejuc transfere todos os presos do CDP de Currais Novos

Todos os 68 presos que estavam no Centro de Detenção Provisória de Currais Novos foram transferidos na manhã desta quarta-feira (14). A Secretaria de Justiça e Cidadania não divulgou para os presos foram levados. De acordo com a Sejuc, a transferência faz parte do "projeto de reestruturação do sistema penitenciário do RN".

"Não podemos divulgar para onde os presos foram levados por questões de segurança até que a transferência seja concluída", informou o titular da Sejuc, Luis Mauro.

O CDP de Currais Novos, de acordo com a Sejuc, deve passar por ajustes estruturais, identificados pelo secretário após visita à unidade. "As modificações - que vão seguir os trâmites legais e normais de tempo - vão garantir mais segurança na guarda dos presos e também para o serviço dos agentes", informou, em nota, a Sejuc.

A secretaria informou ainda que outras unidades poderão ser alvo de mudanças, "cada uma em seu tempo específico, antecipadamente não divulgado por uma questão estratégica".


A fuga, confirmada pela direção da unidade, aconteceu por um buraco aberto na parede do banheiro. Os presos ainda usaram uma 'teresa' – espécie de corda feita com lençóis – para descerem por uma parede com 6 metros de altura. Dois detentos foram recapturados.

Governo do RN iniciará pagamento dos servidores no dia 19

O Governo do Rio Grande do Norte deposita em 19 de junho, no decorrer do dia, o salário dos 14.490 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem entre R$ 3.001 e R$ 4 mil, uma soma equivalente a R$ 50,1 milhões.

Com o pagamento desta faixa salarial somado aos vencimentos já depositados dos servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possuem recursos próprios, além dos servidores que recebem até R$ 3 mil, 80,13% do funcionalismo já terá recebido integralmente seus salários, num total de 88.419 servidores, o que corresponde a uma soma de R$ 183,7 milhões.

Em relação aos 22.064 servidores ativos, aposentados e pensionistas que ganham acima de R$ 4 mil, o Governo vai depositar em 22 de junho, no decorrer do dia, uma parcela de R$ 4 mil, um montante de R$ 88,2 milhões.

O complemento desta faixa salarial será pago, sem distinção, em data a ser anunciada a partir da disponibilidade de recursos.